domingo, 30 de agosto de 2009

CANÇÃO-POEMA

De repente a canção

que na alma adormecera

ressurge dentro de mim.

De repente os versos

gritam teu nome.

Canção-poema:

surpresa e alegria!

Canção-poema:

força e coragem!

Canção-poema:

amor e sedução!

A canção quero

bailar.

Os versos

declamar.

E de ti

que me estenda

a mão

e nos caminhos

desconhecidos

me leve

pra

fora

de

mim.

Pra

junto

de

ti.

Clau Assi



0 comentários: